domingo, 12 de dezembro de 2010

"O SIMPLESMENTE BELO"




Vi nos teus olhos a cor do sol
Que me instigou
A viajar por belas paisagens.
Envolvi-me contigo
Em lençóis de areia e vento
Pescavas sereias atiras-te o anzol
O teu coração no meu atracou
Sussurras-te mensagens
Ao meu ouvido
Nada mudou com o passar do tempo.
Uniu-se a nossa vida
Quando o mar
Que nos viaja de nascença
Derrama entre nós dois
Uma luz  de amor alegria
O nosso caminhar
Aquecido com a presença
De mil sóis.
Vi nos teus olhos
A melodia dos pássaros
Que me instigou
A viajar  nesta luz que se esvai
No céu  que se acinzenta
E as montanhas tão nítidas
Que nos levam ao mar
Da nossa existência
Olhei contigo
O simplesmente belo
Por um momento breve
A vida inteira
A vida que uniu as nossas vidas.
A luz em nós  jamais se apaga

(Angelina Alves)


7 comentários:

"Paz y Amor" disse...

Olá amiga Angelina!
Teu blogue está lindo! E tuas postagens
são muito interessantes...Gostei amiga... não pude deixar de te seguir...Beijinhos fica bem.

Maria Teial disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
MEU MUNDO FANTASY disse...

BOM DIA QUERIDA ANGE!
está tudo bem contigo?saudades..
ஜ______ஜ♥ஜ______ஜ♥ஜ______ஜ♥ஜ______ஜ♥ஜ

Não importa onde você parou,

em que momento da vida você cansou.

Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo,

é renovar as esperanças na vida

e o mais importante,

acreditar em você de novo!!!!

BEIJOS E ABRAÇOS
JUDDY

Anónimo disse...

Olá!
lindo tudo,feliz Natal

Malu disse...

Vim para deixar um FELIZ NATAL e um grande ANO NOVO a ti e a todos aqueles que teu coração abriga.
BOAS FESTAS!!!!sulsesse

ANJO DE BRISA disse...

´.•*Oieeeeee! ¸.•´¸•*´.•* Miguxinho(a) ¸•´¸.*´¨¸.•*¨ Querido(a). ¸.´¸.*´¨) ¸.•*¨) (`“•.¸(`“•.¸ ¸.•“´) ¸.•“´)°°°°Senhor, quisera neste Natal armar uma árvore dentro do meu coração e nela pendurar, em vez de presentes, os nomes de todos os meus amigos. Os amigos de longe e os de perto. Os antigos e os mais recentes. Os que vejo a cada dia e os que raramente encontro. Os sempre lembrados e os que as vezes ficam esquecidos. Os constantes e os intermitentes. Os das horas difíceis e os das horas alegres. Os que sem querer magoei ou, sem querer me magoaram. Aqueles a quem conheço profundamente e aqueles que me são conhecidos apenas pelas aparências. Os que pouco me devem e aqueles a quem muito devo. Meus amigos humildes e meus amigos importantes. Os nomes de todos os que já passaram pela minha vida. Uma árvore de raízes muito profundas, para que seus nomes nunca mais sejam arrancados do meu coração.

FELIZ NATAL

Anónimo disse...

Olá amiga Angelina!
olha que bom encontrar aqui, eu andei muito tempo fora da net e quando fazia uma pesquisa vi-te e agora deixo a minha marca,espero que tudo vá bem contigo e família , por vamos indo como é possível, amiga desejo o melhor para ti eu nunca me esqueço de ti, fica bem muitas felicidades,beijinho no coração