sábado, 17 de setembro de 2011

"DEDICADO A MEU PAI"



Falo de ti e de mim


Sempre com o teu sorriso

Num coração em melodia:

Sempre tão suavemente

Velas-te por mim

Subtil e tão cordial

Pegavas-me ao colo

Quando eu era menina

Prendavas-me com tanto carinho

Que só um pai sabe dar

Fingia estar a dormir

Quando entravas no meu quarto

Cobrias o meu corpo em lençóis de embalar

E dizias-me assim!

És a princesa mais linda

No meu castelo a habitar

Teus olhos são duas estrelas

Que nasceram para me guiar...

Eu, abria de canto os olhitos

Tu falavas para mim

Sempre com o teu sorriso

Coração em melodia

Então adormecia assim

Com as tuas palavras dentro de mim

E, a sonhar subia ao céu

E tu lá estavas por mim a esperar...

Por ti choro o enigma de todos os astros

Por ti canto a beleza de todas as melodias

Por ti abraço a força de todos os sorrisos

Por ti abraço todos os abraços

Revivo por ti todas as minhas alegrias

Por ti florescem flores em campos de guizos...



"Dedicado a meu pai"


(Angelina Alves)





1 comentário:

Malu disse...

Sem palavras diante de tamanha poesia.
Abraços