domingo, 15 de abril de 2012


Há uma luz que se esvazia nos olhos tristes, como um vulto num espaço opaco, todavia fica a memória que em vão procura abrir-se a imagens de lembranças: rostos, sitios, mares e terras e até corpos delicados num curvar de ombros ou perfis.... Sempre se recorda, ou se sonha do que mesmo sendo já antigo no tempo, foi e é ardente em nosso corpo. Vemo-nos em outros rostos, em outros gestos e embora o passado não nos alimente; alimenta o vivo quadro, acendido em sonhos e lembranças. Mas o passado sempre se renova em cores e em formas ainda que sejam repetidas. E quando esse halo opaco se esvazia a pouco e pouco nos rodeia a vida, nem sequer o lembrar nos resta, porque os sonhos não se entregam: Crespuscular a luz obscurece tudo.



Que interessa ter as mãos cheias de ouro

Quando a joia mais bela se rebentou?

E, no castelo se guarda um tesouro

Que o seu praso em valor já terminou!...

E quantas lembranças e quantas imagens

Se perderam na longa viagem do tempo?

Oceanos, mares, vales, gente; miragens

Crespuscular a luz que apazigua o vento

Trava tempestades e põe os olhos tristes

A joia mais bela da vida, a própria vida

Ardente é o corpo em que tu existes

Rostos, nos corpos delicados da alegria

Que seja florida a compreensão

Renovadas as cores e as formas repetidas

Dá à vida o teu sonho a tua mão

O crespuscular da luz em nossas vidas…

Escrito por: Angelina Alves
 

2 comentários:

Maria Lucia Santos disse...

Ande por onde eu andar
Vá eu para onde eu for
Esteja onde eu estiver
Fica sabendo que estas sempre
Num cantinho do meu coração
Hugs and Kisses..
.•´ ¸.•*´¨) ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•` Feliz Semana – Happy Week

Maria Lucia Santos disse...

Ande por onde eu andar
Vá eu para onde eu for
Esteja onde eu estiver
Fica sabendo que estas sempre
Num cantinho do meu coração
Hugs and Kisses..
.•´ ¸.•*´¨) ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•` Feliz Semana – Happy Week